Se você ainda não decidiu se inscrever, leia esta seção de perguntas frequentes e encoraje-se a enviar sua inscrição! Se você tiver outras dúvidas, envie-nos um e-mail para: [email protected] Sucesso!

  1. Como posso me candidatar?

Através do nosso site: http://www.allbiotech.org/cumbre-2018/, clique em “Inscrições abertas” e inscreva-se seguindo as instruções no formulário.

  1. Até quando posso me candidatar?

Até 28 de maio de 2018.

  1. Se eu sou X, posso me inscrever?

– X = estudante de graduação: sim

– X = Aluno de pós-graduação: Sim

– X = não sou estudante: sim

– X = Pessoa não diretamente relacionada à Biotecnologia, ou que não estudou uma carreira relacionada: Sim

– X = menor de 18 anos antes de 5 de novembro de 2018: não

Em resumo: Desde que você seja maior de idade e tenha paixão por potencializar o futuro da Biotecnologia latino-americana, você pode se inscrever!

  1. Se eu sou do país X, posso me inscrever?

– X = Parte da América Latina: Sim

– X = Brasil, ou outro país que não fala espanhol: Sim, você pode até enviar o formulário, vídeo e texto em português.

– X = País da América Latina, MAS sou residente de um país fora da região: Sim. Além disso, será uma boa oportunidade para você voltar!

– X = Não faz parte da América Latina: Não, mas se você for ótimo, poderíamos considerá-lo como um palestrante. Envie-nos um email para [email protected]

 

  1. Que tipo de contribuição vocês oferecem como parte da bolsa de estudos mencionada no edital?

Nós cobriremos o transporte aéreo e a acomodação das 10 melhores inscrições que pedirem o auxílio.

 

  1. O que é oferecido no evento para quem não for contemplado com a bolsa de estudos?

Todos os selecionados receberão gratuitamente acomodação, coffee breaks e almoço durante todos os quatro dias do evento.

 

  1. Eu atualmente moro no México, posso candidatar-me à bolsa mencionada na candidatura?

Se você mora no México, é mais provável que você não precise de apoio para chegar a Guanajuato, então pedimos que você não se inscreva para a bolsa de estudos. Uma vez que eles são lugares limitados, você poderia estar deixando de fora alguém que realmente necessita.

 

  1. Como são selecionados os líderes?

Nós nos concentramos especialmente na promessa apresentada pelo candidato de impulsionar a biotecnologia na região a partir de sua área de trabalho, seja essa academia, educação, mídia, regulamentação, leis, inovação, empreendedorismo, indústria ou qualquer outra coisa. O texto solicitado nos dá insights sobre o treinamento técnico da pessoa e sua capacidade de identificar e resolver desafios. O vídeo solicitado nos ajuda a saber mais sobre a pessoa e avaliar suas habilidades de comunicação e soft-skills, bem como suas motivações e o que pensa do seu trabalho e carreira até agora.

Não olhamos para a universidade na qual você se formou, as qualificações obtidas ou se estudou um curso diretamente relacionado à biotecnologia. Queremos saber o que mais você fez em sua vida fora da formação acadêmica, que iniciativas você tomou ou participou, quais paixões você tomou além da sala de aula. Queremos que você nos conte sobre as semanas em que dormiu no laboratório, convencido de que agora seu experimento funcionaria e você teria seu momento “Eureka!”; da ONG que fundou com um amigo para implementar práticas sustentáveis ​​em sua comunidade; da vez que você convenceu seu chefe para mudar as políticas de desenvolvimento de novos negócios para financiar sua invenção; a startup que você começou e não funcionou porque você caiu na FDA; a aula que você deu onde os vinte alunos saíram dizendo que queriam ser biólogos. Estamos à procura de pessoas que veem a biologia como uma ferramenta para resolver problemas sociais, aqueles que enxergam além do status quo e estão dispostos a criar um novo futuro.

 

  1. Eu tenho um bom texto, mas tenho vergonha de falar em público, então meu vídeo não será tão bom. Devo me inscrever mesmo assim?

SIM! Com o ensaio e o vídeo, queremos ver dois estereótipos típicos de inovadores e líderes: o hacker e o hustler. O hacker é aquele que tem o conhecimento técnico e é capaz de fazer experimentos, gerar hardware, etc., e é provável que seja capaz de realizar uma avaliação de alta qualidade técnica. O hustler é quem gera contatos, fala em público e consegue vender a ideia como um negócio, e provavelmente se destaca no vídeo. Quer responda a um ou a ambos os perfis, você será considerado parte de nossos líderes. Queremos que a candidatura traga o melhor de você!

 

  1. Eu tenho um bom vídeo, mas eu não tenho confiança para escrever textos, devo aplicar de qualquer maneira?

SIM! Com o ensaio e o vídeo, queremos ver dois estereótipos típicos de inovadores e líderes: o hacker e o hustler. O hacker é aquele que tem o conhecimento técnico e é capaz de fazer experimentos, gerar hardware, etc., e é provável que seja capaz de realizar uma avaliação de alta qualidade técnica. O hustler é quem gera contatos, fala em público e consegue vender a ideia como um negócio, e provavelmente se destaca no vídeo. Quer responda a um ou a ambos os perfis, você será considerado parte de nossos líderes. Queremos que a candidatura traga o melhor de você!

 

  1. Mas então, o que é um líder?

Quem quiser ir mais longe, avançar no mundo e levar o resto com eles.

Alguém como você.

 

  1. Eu não sei se sou “bom” o suficiente para aplicar. Eu deveria tentar mesmo assim?

SIM Você é o único que está te impedindo. Queremos conhecê-lo!